12/09/2019 às 19h00min - Atualizada em 12/09/2019 às 19h00min

Homem que matou e decapitou mulher em Balneário Rincão é condenado a 27 anos prisão

- 87 News
Içara News
Içara News

Um dos casos de homicídio que mais repercutiu no ano passado, por conta da brutalidade, foi a júri popular na tarde de ontem, quarta-feira (11), no Fórum da Comarca de Içara.

Cleiton Feliciano Fogaça, com 24 anos na época, foi condenado a 27 anos de prisão pela morte de Marilse de Souza Roldão de Oliveira, na época com 49 anos. O crime ocorreu em novembro de 2018, em Balneário Rincão. 

De acordo com a justiça, o homicídio foi motivado pela desconfiança de que a vítima, usuária de drogas, seria informante da polícia. A morte ocorreu por asfixia após o réu aplicar um golpe mata-leão. Cleiton tentou ainda ocultar o cadáver enterrando-o em um terreno baldio situado nos fundos do cemitério da Lagoa dos Freitas. No dia seguinte ele foi até o local e decapitou o cadáver, enterrando a cabeça em um matagal.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.2%
42.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp