03/12/2020 às 13h24min - Atualizada em 09/12/2020 às 00h01min

Qual a situação da agricultura familiar no Brasil?

Agricultura familiar é como se referem à modalidade de agricultura praticada pela própria família, sem uma propriedade rural que seja superior aos módulos fiscais.

DINO
https://www.sitiopema.com.br


Agricultura familiar é como se referem à modalidade de agricultura praticada pela própria família, sem uma propriedade rural que seja superior aos módulos fiscais.

Desde a implantação da Lei 11.326/2006 — que formulou as diretrizes para a agricultura familiar e empreendimentos que se enquadram nesse conceito —, muito mudou. Em 2018, o total de estabelecimentos nesse modelo chegava a 84,4%, mas a área total representava 24,3%, de acordo com o Censo Agropecuário.

Atualmente, esse setor representa mais de 84% dos empreendimentos rurais brasileiros, segundo o Ministério da Agricultura, e estima-se que mais de 70% da comida que chega às mesas nacionais são provenientes da agricultura familiar, que é responsável por 9% do Produto Interno Bruto (PIB) do País.
https://www.sitiopema.com.br/agricultura-familiar-brasil/

Agricultura familiar no Brasil
Com mais de 4 milhões de estabelecimentos familiares em território nacional, a agricultura familiar responde hoje por 38% do Produto Interno Bruto Agropecuário do País, o equivalente a um montante de 54 bilhões de reais - é o que aponta o Embrapa.

A importância da agricultura familiar no contexto da produção rural do país não é menor: ela responde pelo emprego de mais de 14 milhões de trabalhadores rurais, o que corresponde a 74% da mão de obra empregada no campo, e é a principal fonte de alimentos do país - segundo dados divulgados pelo Governo Federal.

O Embrapa indicou em relatório que entre as principais culturas produzidas pelos núcleos de agricultura familiar do Brasil estão a de mandioca, feijão, milho, café, arroz, trigo, soja, leite e animais como suínos, aves e bovinos.

Quanto à distribuição desses núcleos, 50% estão concentrados na região do Nordeste, 19% no sul, 16% no sudeste, 5% no centro-oeste e 10% no norte do país.

Quanto a agricultura familiar na produz de alimentos no Brasil?
Segundo dados do Censo Agropecuário de 2019, o crescimento do Brasil depende de forma direta das propriedades que exercem essa atividade. A produção representa:
- 70% do feijão;
- 34% do arroz;
- 87% da mandioca;
- 46% do milho;
- 38% do café;
- 21% do trigo;
- 60% do leite;
- 59% do rebanho suíno;
- 50% das aves;
- 30% dos bovinos.

No mundo, essa atividade representa 80% de toda a produção mundial de alimentos. O cultivo está distribuído em 500 milhões de produtores rurais, que ocupam 90% das propriedades agrícolas existentes

Tendências e novas tecnologias para agricultura familiar brasileira
Todas as tendências na área de agricultura familiar estão voltadas para a tecnologia. É por meio delas que será possível atrair os jovens ao campo e obter resultados mais expressivos, mesmo que a área continue a mesma.

Por isso, é essencial desenvolver equipamentos com alta tecnologia embarcada, que favoreçam o trabalho e a qualidade de vida no campo.

Um exemplo é o DJB-20S, o primeiro pulverizador e dosador a bateria costal que se conecta a um celular e gera informações sobre a operação.

Outra tendência é a automação, que está em contínuo crescimento. Nesse caso, o benefício é retirar a carga de trabalho do operador e reduzir as tomadas de decisão frente a problemas críticos para o agricultor.



Website: https://www.sitiopema.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp