10/09/2020 às 08h48min - Atualizada em 10/09/2020 às 08h48min

Em estado crítico, cantora Vanusa é internada completamente irreconhecível

De cadeira de rodas, sem dentes e de fralda, situação da cantora chamou atenção

- 87 NEWS
HC Notícias / Metrópoles
Sem os dentes e repleta de ferimentos pelo corpo. A situação de saúde da cantora Vanusa é crítica. Internada no Complexo Hospitalar dos Estivadores, um hospital público de Santos (SP), a artista está problemas respiratórios. O hospital, de maneira não oficial, confirmou que ela permanece no local, mas não pode receber visitas. A intérprete do sucesso Manhãs de Setembro sofre de uma doença degenerativa.

Por conta do tempo que ficou deitada, ela desenvolveu escaras ao redor do corpo. Segundo fontes, Vanusa havia recebido alta nesta semana, mas a filha não quis retirá-la da internação por não conseguir assisti-la da melhor forma. Vanusa está há três anos enfrentando o problema de saúde e precisa ser medicada diariamente. A informação foi publicada na terça-feira (8), pelo jornalista Léo Dias, do Metrópoles.

O colunista entrou em contato com, Rafael Vanucci, primogênito da cantora, que falou sobre os problemas que enfrenta ao lado da mãe. “Minha mãe sofre de algo parecido com Alzheimer. Ela tem uma demência, é uma doença cognitiva, e perdeu 40 quilos. Ela está muito magra e não tem ordem de médicos ou dentistas para fazer nenhum outro tratamento”, completou.

Rafael rebateu as acusações de abandono com veemência e fez questão de frisar que não divulga diariamente informações sobre Vanusa, pois todo cuidado com a imagem dela é pouco. “Eu até entendo a preocupação dos fãs e de quem vê o estado da minha mãe hoje, sabe? O problema é que a minha mãe não consegue tomar remédio via oral, ela precisa tomar remédios de forma intravenosa. Ela está estável, mas, se ela voltar para casa da minha irmã, vai sofrer demais”, revelou. 

Questionado sobre por qual motivo a mãe não fora atendida em uma clínica de reabilitação particular, Vanucci afirma que o plano de saúde de Vanusa negou o atendimento, mas garante que ela está sendo muito bem cuidada. “As pessoas não veem a minha mãe faz muito tempo e se assustam quando conseguem vê-la. Eu gosto de preservá-la, sabe. Hoje, a minha mãe não anda mais, ela está de cadeira de rodas e usa fraldas. Eu, como filho, fico triste com tudo isso”, finalizou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita que o eleitor está mais consciente para votar nestas eleições?

45.5%
54.5%
0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp