10/06/2020 às 12h54min - Atualizada em 10/06/2020 às 12h54min

Menino de 10 anos é baleado em ação contra o tráfico de drogas em Barra do Sul

Para a Polícia Civil, criança foi usada como "escudo humano" durante tiroteio

- 87 News
NSC TOTAL

Uma criança de dez anos foi baleada durante uma ação da Operação Tríade, que a Polícia Civil desencadeou nesta terça-feira (9) no Litoral Norte de Santa Catarina. Uma equipe, formada pelo delegado Tiago Escudero, de Araquari, e por dois policiais, cumpria um mandado de busca e apreensão no Loteamento Portal das Praias, em Barra do Sul, quando a situação ocorreu.

De acordo com o delegado Escudero, eles se preparavam para arrombar a porta da casa quando o homem investigado por tráfico de drogas abriu a janela e começou a atirar contra eles. Os policiais revidaram, até que ouviram uma mulher gritando que estava dentro da casa e havia sido baleada.

— A porta e a janela eram de vidro, mas eram do tipo "blindex". Então, não dava para enxergar nada lá dentro. Não sabíamos que havia uma mulher e um menino lá também — explicou o delegado. 

Os policiais pararam de atirar e começaram a negociar com o homem. Foi apenas neste momento que eles puderam olhar para dentro da casa pela janela e viram que o homem carregava o menino na sua frente enquanto ia para outro cômodo. Para a Polícia Civil, ele usava a criança, que é seu enteado, como escudo para evitar os policiais continuassem atirando.

— Ele foi com o menino até o outro cômodo para tentar esconder a arma. Depois, o menino saiu caminhando com a mãe, mas o homem permaneceu lá dentro — contou Escudero.

O investigado acabou saindo, mas ainda tentou entrar em luta corporal com os policias para não ser preso. Segundo o delegado, ele não seria preso por tráfico de drogas pela operação mas, com a troca de tiros contra os agentes de segurança, foi atuado ainda no local por tentativa de homicídio.

O menino foi atingido no braço e na mão e encaminhado para o Hospital Infantil de Joinville. De acordo com o departamento de comunicação do hospital, ele continuava internado nesta quarta-feira, mas seu quadro é estável. A mãe dele também foi baleada apenas no braço e na perna e foi levada para o Hospital São José de Joinville. 

No local, os policiais apreenderam a arma usada no tiroteio, drogas, celulares e munição de um revólver, que não foi localizado na casa. O homem, que foi atingido de raspão, recebeu atendimento e depois foi levado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de São Francisco do Sul. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp