03/07/2019 às 08h26min - Atualizada em 03/07/2019 às 08h26min

Falsos pescadores de Balneário Gaivota são investigados pela Polícia Federal

Prejuízos à União poderiam superar os R$ 4,5 milhões, segundo levantamento da Coordenação de Inteligência Previdenciária

- 87 News
Redação W3
 

Uma força-tarefa previdenciária cumpriu na manhã da última sexta-feira, 28, um mandado de busca e apreensão na casa de um vereador do município de Balneário Gaivota, no Sul de Santa Catarina. A ação faz parte da Operação Voo de Gaivota, que combate fraudes contra a Previdência Social, como a obtenção irregular de pagamento de aposentadoria especial para falsos pescadores.

A estimativa da Coordenação de Inteligência Previdenciária é que os prejuízos à União, causados e futuros, poderiam superar os R$ 4,5 milhões.

A ação foi composta por agentes da Polícia Federal e Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária. No local do cumprimento do mandado fica instalado o Sindicato dos Pescadores Profissionais Artesanais da região. Ninguém foi preso nesta ocasião.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Você acredita que o eleitor está mais consciente para votar nestas eleições?

24.2%
74.2%
1.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp