23/10/2019 às 20h45min - Atualizada em 23/10/2019 às 20h45min

Mulher que abandonou criança no Centro de Florianópolis é identificada

Suspeita seria de Criciúma e seria a mãe da criança abandonada na segunda-feira (21) e encontrada por funcionários de um estacionamento, no Centro da Capital

- 87 News
ND Mais

A mulher responsável por abandonar uma criança recém-nascida no Centro de Florianópolis, no último domingo (20), foi identificada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (23).

Segundo o delegado Flávio Lima e Silva Júnior, da 6ª DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso) , a suspeita de abandonar a criança é a mãe do bebê, de 35 anos e moradora de Criciúma, no Sul do Estado.

A criança foi localizada abandonada na segunda-feira (21) por funcionários de um estacionamento, no Centro da Capital, dentro de uma caixa de papelão, no interior do estabelecimento. Após atendimento médico, a criança foi entregue ao Conselho Tutelar e passa bem.

Iniciada a investigação, verificou-se, por meio da análise de imagens de monitoramento, que a criança foi abandonada por uma mulher, por volta de 05h30 da manhã, do último domingo (20). Ela ficou por mais de 24 horas dentro da caixa de papelão.

“A suspeita esteve na Delegacia de Polícia do município de Criciúma, onde foi interrogada sobre o caso. De acordo com ela, o parto ocorreu no município de Içara. Após período de internação, veio à Florianópolis, transportada por motorista de aplicativo, abandonou a criança e retornou para Criciúma”, afirma o delegado.

Segundo ele, as investigações prosseguem no sentido de esclarecer algumas informações, especialmente se houve a participação de outras pessoas no crime.

A ação é da 6ª DPCAMI da Capital em conjunto com a 1ª Delegacia de Polícia de Criciúma.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp