08/10/2019 às 11h00min - Atualizada em 08/10/2019 às 11h00min

PASSEIO DE TREM MARIA FUMAÇA SAIRÁ DE URUSSANGA

Jefferson Vitorino - 87 News
O Museu Ferroviário de Tubarão promoverá, nos dias 23 e 24 de novembro, um passeio turístico ferroviário. A viagem começa na estação ferroviária, no bairro Estação, em Urussanga, passando pelas cidades de Estação Cocal, Morro da Fumaça e termina em Esplanada, de onde voltará. Não haverá desembarque na cidade de destino. O trem turístico dispõe de vagão lanchonete, vagão bombeiro, vagão de serviço, além do comboio com cinco vagões de passageiros, com capacidade para 210 pessoas. 

Os visitantes terão a experiência de viajar a bordo de um típico trem do início do séc. XX, tracionado por uma locomotiva a vapor sobre os trilhos instalados na região em 1884, além de  apreciar cenários de montanhas, campos, cidades e lagoas ao longo do trajeto. Passear de trem foi, talvez, a maneira mais comum de viagem durante muitos anos, e ainda é em alguns países. Essa prática já não é mais tão popular no Brasil. No entanto, em muitas cidades do Estado e do país são promovidos esses passeios.

Serão dois dias e dois horários disponíveis para atender a região. 
Dia 23/11 (sábado), o embarque acontece às 13:30h e saída do trem às 14:00h. 
Dia 24/11 (domingo), o embarque é às 08:00h e saída do trem ás 08:30h.
O passeio tem duração de 2 horas, ida e volta, num percurso total de 60 km. O passeio é bate e volta, sem desembarque. 
Atrações dentro dos vagões estão previstas, como gaiteiro, serviço de bordo e os personagens Lúcia e Gennaro.
Ás passagens custam R$70,00 por pessoa e crianças com até cinco anos não pagam, viajando no colo. A partir de seis anos, a tarifa é normal.

O voluntário, Jefferson Vitorino, explica, que o passeio é uma ação cultural e turística do museu, que visa a preservação da memória ferroviária. “São esses passeios que mantém o museu ferroviário, as manutenções nos vagões e locomotivas. São as vendas dos bilhetes que conservam essa famosa atração turística de Tubarão e região em funcionamento. Quando você compra uma passagem, não vai apenas fazer um passeio de trem; está contribuindo com a preservação da memória ferroviária”, pontua Vitorino.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor de que presos trabalhem para pagar o próprio sustento nos presídios?

98.6%
1.4%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp