08/06/2021 às 13h25min - Atualizada em 08/06/2021 às 13h25min

Casal acusado de matar a filha em Siderópolis tem a prisão homologada

- 87 News
G1

O casal  preso em flagrante na tarde de ontem, em Siderópolis, acusados de matar a própria filha de um ano e dois meses, por asfixia com um travesseiro teve a prisão em flagrantes homologada pelo juiz da Comarca de Criciúma, o que significa que vão continuar presos durante a instrução do processo criminal.

De acordo com a polícia civil, o pai foi preso pelo infanticidio e a mãe por suspeita de omissão. Eles estão detidos no presídio Santa Augusta.

Segundo o relato da ocorrênica,  a criança foi levada até uma unidade de pronto atendimento do município de Siderópolis, onde os atendentes suspeitaram do seu estado clínico. A criança já chegou sem vida no local. A mãe e o pai alegaram que a filha tinha sofrido um mal súbito.

Em depoimento à polícia o homem negou ter cometido o crime. 


A prisão deles ocorreu ainda quando estavam na unidade de saúde. 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita que o eleitor está mais consciente para votar nestas eleições?

24.6%
73.8%
1.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp