06/05/2020 às 17h45min - Atualizada em 06/05/2020 às 17h45min

TRF-4 mantém condenação de Lula em 17 anos por sítio em Atibaia

Defesa alegou suspeita de que Moro não tinha isenção para julgar o ex-presidente

Mônica Bergamo - 87 News
UOL

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) rejeitou os embargos apresentados pela defesa do ex-presidente Lula e manteve a condenação de 17 anos no caso do sítio de Atibaia.

O caso havia sido julgado em primeiro grau pela juíza da Lava Jato Gabriela Hardt. O TRF-4 manteve a condenação e elevou a pena para 17 anos.

Ao pedirem a suspensão do julgamento, os advogados do petista alegaram que o rompimento entre Jair Bolsonaro e Sergio Moro, e as posteriores declarações do presidente sobre o ex-ministro da Justiça, reforçam a suspeita de que o ex-juiz não tinha isenção para julgar Lula neste e em outros processos.

Segundo os defensores de Lula, a tratativa política entre os dois, "outrora qualificada nestes autos como 'especulações' e que 'nada há de concreto'", foram agora claramente admitidas por Bolsonaro.

Com a rejeição do requerimento nesta quarta-feira (6) por unanimidade ​pelo TRF-4, nada muda para Lula. A defesa irá recorrer.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.7%
42.3%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp