04/05/2021 às 10h46min - Atualizada em 04/05/2021 às 10h46min

Piscina olímpica: Diretoria do Mampituba apresenta projeto em Brasília

Objetivo é buscar parcerias e recursos para viabilizar a execução da obra

Vanessa Amando - 87 News

A Diretoria da Sociedade Recreativa Mampituba participou de uma série de compromissos em Brasília (DF) ao longo da última semana. O objetivo foi apresentar o clube e, principalmente, o projeto da piscina olímpica, a fim de buscar parceiros e recursos para viabilizar a execução da obra. A agenda foi um convite do deputado federal Daniel Freitas, que recentemente esteve na instituição e demonstrou apoio ao projeto.

O primeiro compromisso foi com o secretário especial da Cultura, Mario Frias, com quem foi tratado a respeito do centenário do clube, que será comemorado em 2024. O assunto também foi abordado em reunião com o secretário nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciuncula.

Além da ideia inicial de publicação de um livro, foi apresentada a possibilidade de produção de um documentário sobre a história do Mampituba. A instituição está em busca de incentivo para realizar esses trabalhos em alusão aos seus 100 anos de fundação.

Já o projeto da piscina olímpica foi apresentado no Ministério da Cidadania, ao secretário especial do Esporte, Marcelo Magalhães, e, ainda, ao gerente nacional da rede de agências da Caixa Econômica Federal (CEF), João Carlos Dácia, e ao superintendente nacional da rede de lotéricas, Cristiano Vieira. Uma das possibilidades de captação de recursos para a realização da obra pode ser através da Lei de Incentivo ao Esporte, via CEF.

Viajaram a Brasília o vice-presidente de Finanças do clube, Sidinei José Pacheco; o diretor de Formação de Atletas, Reginaldo Kanarek; o diretor do Complexo Aquático, Rafael Canuto; e a analista de Rendimento e Projetos, Débora Magri. O deputado Daniel Freitas também acompanhou os compromissos.

Avaliações positivas

Para a equipe Mampituba, a agenda em Brasília foi bastante produtiva e gratificante, com a apresentação do potencial do clube para diversas autoridades, demonstrando sua importância no cenário nacional e seu papel no desenvolvimento da região.

"Demos um importante passo na possibilidade de aprovação, não somente da piscina olímpica, mas, também, de um documentário do centenário da instituição. Fomos surpreendidos, ainda, com as propostas da Secretaria do Esporte para o desenvolvimento de um Centro de Treinamento de triathlon na região e para recebermos uma das Mirtas utilizadas nas Olimpíadas para o projeto da piscina olímpica", comenta Kanarek, diretor de Formação de Atletas.

Ainda impactado com as visitas em Brasília, Canuto avalia que a agenda foi um sucesso. "Nossa equipe fez um ótimo trabalho. A Débora recebeu elogios pelas estratégias e lisura nas ações. O Sidinei também enfatizou o fato da transparência nos processos do Mampituba. Eu e o Reginaldo apresentamos o projeto da piscina, o clube, a região e acredito que convencemos todos à mesa sobre a importância de ampliar os projetos já existentes no clube", afirma o diretor do Complexo Aquático.

Transparência nos processos

Um dos questionamentos em Brasília foi sobre como os recursos poderiam ser disponibilizados e de que forma o Mampituba os administraria, o que é explicado pelo vice-presidente de Finanças da instituição. "O clube possui expertise em gerir recursos federais por conta da parceria com o CBC (Comitê Brasileiro de Clubes) para a formação de atletas e a transparência nesses processos é fundamental, tanto que, mais uma vez, conseguimos a aprovação na prestação de contas junto ao CBC", ressalta Pacheco.

"A todo momento, em todas as conversas, o Mampituba foi elogiado pela transparência nas ações. Hoje em dia, isso é um diferencial importante dentro de uma instituição, tendo em vista que um dos maiores problemas no país é a prestação de contas. É fundamental aplicar corretamente os recursos e demonstrar tudo de forma clara, tanto que existe a Lei da Transparência", enfatiza Débora.

Por questões pessoais, o presidente Administrativo do Mampituba, Edézio Luiz Carminatti, não participou da viagem, mas acompanhou os desdobramentos e manifestou sua satisfação com as possibilidades que foram abertas a partir das articulações na capital federal.

"O deputado Daniel foi um anfitrião excepcional, só nos resta agradecer a ele e sua equipe que deram um grande suporte ao Mampituba em todo o processo. Após demonstrarmos a qualidade técnica, a estrutura impecável, nossa capacidade de gerir recursos públicos, sustentar grandes projetos e, principalmente, de nos tornarmos um grande centro de excelência nacional na formação de atletas, vamos seguir com as ações e persistir para que todas as intenções sinalizadas em Brasília possam virar realidade", finaliza Carminatti.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.6%
42.4%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp