16/12/2020 às 09h09min - Atualizada em 16/12/2020 às 10h20min

Lidando com ansiedade em tempos de COVID-19

Lidar com a ansiedade, com o medo de sair de casa e com a necessidade do afastamento não é tarefa fácil. A situação em si não só piora quem já mostrava ansiedade antes, como mostra novos casos de ansiedade. Aqui listamos alguma dicas básicas não só para se proteger, como também indicamos a terapia para casos mais graves.

DINO
http://www.terapiaitaim.com.br
Ansiedade


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil já era, mesmo antes da pandemia, o país do mundo com mais casos de ansiedade e com forte tendência de piora durante este momento. Lidar com toda ansiedade vivenciada durante os meses de quarentena não é tarefa fácil, mas é necessário em prol da saúde mental.

A ansiedade é uma reação natural do ser humano frente antecipação de ameaças, inquietação, estresse ou/e de algo desconhecido. Talvez essa seja a melhor explicação para entender o motivo do agravamento dos quadros de ansiedade durante a pandemia.

O coronavírus trouxe para o mundo e à vida das pessoas o medo constante da morte, perda, de sair de casa, casos clínicos graves, desemprego e transtornos mentais somado a se sentir preso em casa. Essas incertezas são pontos desconhecidos que provocam ameaças ao ser humano, logo, causa uma ansiedade que pode ser fisiológica dentro do normal produzido pelo organismo em casos de desconforto, ou uma ansiedade patológica, na qual nesses casos é necessário o tratamento psicológico até mesmo para evitar maiores danos futuros, especialmente para quem é obrigado a se expor. Para passar por essa fase com maior clareza da realidade e sem afetar a ansiedade diante de todas as dúvidas que envolvem esse novo cenário, é importante preservar sua saúde mental, como:

- Filtrar as informações sobre o Coronavírus: durante o dia em qualquer canal de TV existem notícias sobre a evolução da doença pelo Brasil e no mundo inteiro, o excesso dessas notícias pode levar as pessoas a vivenciarem uma ansiedade patológica, reforçada pelo medo e a incerteza.

- Ocupar o dia com atividades que tragam prazer físico e emocional, atividades físicas são excelentes aliadas para o corpo e para a mente. Explore dentro do seu tempo de lazer para fazer o que te deixa melhor, seja assistir um filme, fazer uma sobremesa, brincar com o cachorro ou conversar com um amigo. A atividade não importa, o importante é o quanto pode ser benéfico para sua saúde mental.

- Atenção as famosas "fake news". Sabemos que existem muitas informações passadas principalmente por redes sociais que não são confiáveis. Quando tiver curiosidade sobre uma notícia ou atualização de algum caso, procure por fontes seguras.

- Criar uma rotina para manter os dias ocupados e produtivos, mas sem a cobrança. Não é necessário ser sempre um bom dia e nem todos serem produtivos, mas se a maioria for já terá grandes resultados positivos nos demais dias.

O Psicólogo Eric Heibel complementa: "Caso consiga, pode ser benéfico separar um tempo livre do dia para atividades mentais como meditação e/ou headspace. Um tempo realmente livre, sem cobranças e preocupações frequentemente resultam em reduções consideráveis da ansiedade".

Não existem fórmulas mágicas e regras de como conseguir superar esse momento, o que existe são orientações que podem ser úteis. É importante dizer que os pontos abordados não se aplicam para todos, existem pessoas que têm outras necessidades e podem precisar mais do que uma rotina e atividades que gerem prazer para superar ansiedade durante a pandemia. Caso queira saber mais, ou existam dúvidas, curiosidades, medos ou quaisquer outros sentimentos, a terapia pode ser uma grande aliada a este momento.

Texto escrito por:
Daniella Borges CRP 06/164488
www.terapiaitaim.com.br

Fonte: https://exame.com/ciencia/brasil-e-o-pais-mais-ansioso-do-mundo-segundo-a-oms/



Website: http://www.terapiaitaim.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp