01/08/2019 às 09h32min - Atualizada em 01/08/2019 às 09h32min

PESQUISA DE BALNEABILIDADE APONTA 76,4% DOS PONTOS PRÓPRIOS PARA BANHO EM SC

- 87 News
IMA

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) divulga o relatório de balneabilidade referente a coletas realizadas de 22 a 29 de julho de 2019. De acordo com o resultado, 76,4% dos pontos analisados estão próprios para banho. A pesquisa de balneabilidade monitora 229 pontos dos 500 quilômetros da costa catarinense.

Em Florianópolis, dos 85 locais verificados, 67 estão adequados para banho de mar, o que representa 78,8%. No restante do litoral, dos 144 pontos onde é feita a pesquisa, em 108 recomenda-se o mergulho. Em relação ao relatório anterior, divulgado na última semana de junho, seis pontos passaram da condição de próprio para impróprio e sete pontos de impróprio para próprio.

As amostragens e ensaios são efetuados nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo e São José.

O IMA solicita aos banhistas que fiquem atentos à sinalização por meio de placas nas praias que indicam a situação da qualidade da água do mar. Ressalta ainda que algumas destas identificações são danificadas, vandalizadas, queimadas e até excluídas do local onde foram implantadas para informar a condição do ponto amostrado. Em caso de dúvidas a orientação é a consulta ao site balneabilidade.ima.sc.gov.br que apresenta o relatório mensal e o histórico de todas as praias analisadas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.6%
42.4%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp