17/08/2020 às 11h42min - Atualizada em 17/08/2020 às 11h42min

Família apresenta Certidão de Óbito como prova de que cocalense de 59 anos não morreu de Covid-19

Ele estava internado na UTI do Hospital Regional de Araranguá

- 87 News

Apesar da Vigilância Epidemiológica de Cocal do Sul ter anunciado na manhã desta segunda-feira (17), a morte de um homem de 59 anos, vítima de COVID-19 registrando como  a nona morte provocada pelo coronavírus, a qual teria ocorrido nesse domingo, dia 16 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Araranguá, o atestado de óbito emitido pelo médico responsável pelo atendimento, não faz alusão ao COVID-19, atestando como causa morte Choque Séptico,  Insuficiènica Renal Aguda, Pneumonia e Neoplasia da Bexiga.

A informação de que não havia confirmação para o o COVID-19, foi repassada pela família, que forneceu cópia do atestado, para comprovar que o cocalense não morreu em decorrência do COVID-19


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é contra ou a favor da realização de uma Audiência Pública para avaliar e debater sobre o Binário em Cocal do Sul?

75.6%
24.4%
0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp