30/06/2020 às 18h58min - Atualizada em 30/06/2020 às 18h58min

Temporal provoca estragos em Santa Catarina

Pedro Machado - 87 News
NSC TOTAL
Chapecó foi uma das cidades que registraram estragos (Foto: Prefeitura de Chapecó)(Foto: Prefeitura de Chapecó)

Fortes rajadas de vento atingiram praticamente todas as regiões de Santa Catarina na tarde desta terça-feira (30), deixando um rastro de estragos e assustando moradores de várias cidades. O vendaval foi provocado pela formação de um ciclone que começou na região Oeste a avançou pelo Estado.

Em Chapecó os ventos chegaram a atingir 108 km/h, derrubando árvores e placas. Uma senhora de 78 anos morreu depois de ser atingida por uma árvore perto do aeroporto da cidade. A Defesa Civil registrou destelhamentos em Descanso, Santa Helena, São Domingos, Jaborá e Xanxerê. 

Em Joaçaba, a força do vendaval derrubou o cajado de Frei Breno, peça que fica junto à Estátua no Monumento, no bairro Flor da Serra.

Cajado

Cajado

Em Joaçaba, força do vento derrubou o cajado de Frei Breno
(Foto: )

Em Concórdia, segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), a queda de árvores bloqueou parcialmente o trânsito na rodovia SC-283. Conforme a prefeitura, 15 unidades escolares e dois centros de convivência tiveram destelhamentos.

Estragos na rodovia

Estragos na rodovia

Vento derrubou árvores na rodovia SC-283, em Concórdia
(Foto: )

As rajadas de vento também provocaram estragos em cidades do Vale do Itajaí. Em Blumenau, arvores caídas bloqueiam parcialmente uma série de ruas e rodovias e casas ficaram destelhadas em vários bairros. No Centro, uma árvore caiu na Rua XV de Novembro, e na Itoupava Norte o vento derrubou a cobertura de um posto de combustíveis na Rua 2 de Setembro. Ainda não há um balanço oficial dos estragos

Vendaval em SC

Vendaval em SC

Em Blumenau, vento derrubou o vento derrubou a cobertura de um posto de combustíveis no bairro Itoupava Norte
(Foto: )

No Norte, entre Joinville e Campo Alegre, árvores caíram na Serra Dona Francisca, a SC-418. Os km 27 e 32 ficaram interditados. A Polícia Rodoviária Militar está realizando o corte das árvores para reabrir a pista.

Em Canoinhas, houve queda de árvores e destelhamentos de casas após o vendaval, que teve seu pico às 15h. A Defesa Civil local ainda não soube informar quantas ocorrências podem ter sido causadas pelo vendaval, mas confirmou que há quedas de árvores e destelhamentos e que está trabalhando para atender as pessoas que tiveram seus bens atingidos. A BR 116, em trecho entre Mafra e Monte Castelo, e a BR 280, em Araquari, têm trechos interditados.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp