18/06/2020 às 13h22min - Atualizada em 18/06/2020 às 13h22min

SC terá novo pico do Covid-19 em agosto, prevê estudo

- 87 News
NSC TOTAL
A diretora executiva da Funcional Health Tech, Raquel Marimon Foto: Funcional
 

Diversas projeções indicaram datas para o pico da pandemia em Santa Catarina mas não acertaram porque o conjunto de ações preventivas no Estado, com a colaboração das pessoas, deu resultado. Um novo estudo sinalizou um cenário mais difícil. Indicou que o pico de pessoas contaminadas em SC será dia 6 de agosto, quando o Estado terá 33,9 mil infectados ativos, isto é, sem incluir recuperados e os que perderam a vida. As projeções são de cientistas de dados e atuários da Funcional Health Tech, de São Paulo, maior empresa privada do segmento de dados de saúde do país.

A Funcional informa que o modelo matemático utilizado é o mesmo que têm sido usado nas principais epidemias enfrentadas pela humanidade nos últimos 100 anos. É o SEIR, que representa uma forma de descrever a disseminação da doença nas pessoas. Para o Brasil, os cientistas da empresa estimaram que o pico será em 6 de julho, quando 1,7 milhão de pessoas terão o vírus.

- O pico é o dia que tem o maior número de pessoas precisando de tratamento. São pessoas infectadas e não curadas. Ele ajuda a definir o mapeamento de necessidade de serviço de saúde e alinhar a melhor solução para cada região – explica Raquel Marimon, diretora executiva da Funcional.

Segundo ela, o risco de superlotação dos sistemas de saúde é inerente a qualquer epidemia. A dúvida é se esse esgotamento será mais severo e por mais tempo, ou se será menos severo e por um menor período. Raquel Marimon observa que o Brasil ganhou bastante tempo com a demora da chegada da doença, por isso conseguiu melhorar a infraestrutura do sistema de saúde.

A executiva avalia que Santa Catarina tem condições de liberar um pouco mais atividades econômicas ou outras porque a ocupação de leitos de UTV para Covid-19 está em 60%. Segundo ela, é preciso restringir quando chega a 80%.

Só para recordar previsões, em 18 de março, a Secretaria de Estado da Saúde de SC previu que o pico da pandemia seria até 18 de junho, hoje, portanto. Depois, em 11 de maio, projetou o pico para o final de junho. Agora, o novo estudo passa para 6 de agosto. Pode ser que seja ainda mais adiante.

A Funcional liberou o algorítimo da projeção para as prefeituras interessadas em fazerem suas próprias estimativas. O estudo foi realizado pelo modelo open source (código aberto) e está disponível a interessados na plataforma com conteúdo gratuito da Funcional.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp