10/10/2019 às 08h30min - Atualizada em 10/10/2019 às 08h30min

Governo lança edital do processo licitatório para obras na Serra do Rio do Rastro

Alesc - 87 News

A Secretaria da Infraestrutura lançou esta semana, no portal de compras do governo do Estado, processo licitatório para a contratação de empresa de engenharia para elaboração de projetos executivos e para a execução de obras em 25 pontos da rodovia SC-390, entre os municípios de Orleans, Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, no sul do estado.

Na Assembleia Legislativa, diversos parlamentares se manifestaram sobre o perigo de novos deslizamentos na Serra do Rio do Rastro e cobraram soluções do governo. O deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB) considerou muito importante a autorização para a contratação do projeto e execução das obras, que vem solucionar um problema que já é enfrentado pelo parlamentar desde 2017. Desde então, como secretário de Infraestrutura, Vampiro assumiu o compromisso de buscar soluções para a manutenção da estrada e controle dos deslizamentos.

Publicado no dia 8 de outubro, o edital em regime diferenciado de contratação 0036/2019 encontra-se na fase de entrega de propostas e documentação, até o dia 30 de outubro. A abertura das propostas está marcada para o mesmo dia.

A contratação inclui serviços de supressão vegetal, limpeza e conserva de canaletas e bueiros, aplicação de tela metálica de alta resistência, execução de muro de gabião, cortina atarantada, revegetação com hidrossemeadura e recuperação de canaletas de drenagem, em um único lote.

“A rodovia SC-390 é a principal ligação entre a serra e o litoral, que se destaca com a famosa Serra do Rio do Rastro. Ela precisa e merece uma atenção devida do governo do Estado”, salientou Vampiro.

Levantamento apontou 25 pontos críticos

O Plano de Trabalho prevê a intervenção ao longo da rodovia SC-390, contemplando 25 pontos em taludes (proteção para evitar quedas de blocos), de contexto geológico variado, sendo necessário o uso de métodos diferentes, conforme cada ponto, podendo variar entre: hidrosemeadura com biomanta, tela de alta resistência, cortina atirantada e gabião.

Além dessas intervenções estruturantes, concomitantemente será efetuada a retirada de blocos rochosos e materiais grosseiros, que se encontram soltos e depositados sobre os taludes. Os 25 pontos de intervenção estão dentro do perímetro territorial dos municípios de Orleans, Lauro Muller e Bom Jardim da Serra.

O coordenador da  Defesa Civil Regional de Criciúma, Rosinei da Silveira explica que em parceria com a coordenação municipal de Lauro Müller e a secretaria de infraestrutura do Estado, na época Deinfra, iniciou o trabalho de identificação dos pontos críticos da rodovia, fez a  indicação da obra, captou recursos, elaborou e apresentou o anteprojeto em Brasília. “A infraestrutura é a gestora da rodovia”, explica ele ao destacar que a Defesa Civil fez a sua parte.

Problemas

A Serra do Rio do Rastro, um dos principais acessos do Litoral para a Serra Catarinense apresenta problemas estruturais, na Iluminação e o pavimento precisa de reparos, além disso o risco de desabamento é constante, e em algumas ocasiões é preciso fechá-la temporariamente para a retirada de escombros.

A serra é considerada uma das estradas mais belas do mundo, pois oferece uma vista deslumbrante e doze quilômetros de extensão com inúmeras curvas que a serpenteiam, ligando o mar ao ponto mais alto do Estado.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp