13/10/2021 às 10h48min - Atualizada em 13/10/2021 às 10h48min

“Todos nós precisamos de psicoterapia”, afirma psicóloga Emily Simoni

Em entrevista ao programa A Voz de Cocal, na Rádio 87 News, explicou melhor sobre esse tratamento terapêutico

Enio Biz
Rádio 87 News
A importância da psicoterapia vai muito além de apenas tratar transtornos e doenças mentais. A psicoterapia existe também para prevenir doenças e transtornos que afetam a saúde mental. A psicoterapia pode ser abordada de várias formas. No geral, qualquer problema que possa estar afetando qualquer parte de sua vida, seja no âmbito social, nos relacionamentos afetivos, no relacionamento com a família e outros.
 
Para entendermos melhor a psicoterapia, a psicóloga Emily Simoni participou do programa A Voz de Cocal na manhã desta quarta-feira (13), na Rádio Cocal FM. A profissional explica o que é a psicoterapia. “É um tratamento terapêutico com a utilização de uma ou mais abordagens, ou técnicas de trabalho, para diminuir o sofrimento de um indivíduo. Trata problemas psicológicos, como depressão, ansiedade, dificuldade de relacionamento, enfim, qualquer problema em que o paciente possa passar durante a vida. Assim como as pessoas vão ao médico para prevenir algum problema físico, também vão ao psicólogo para tratar ou prevenir qualquer problema psicológico”, afirma.
 
Procurar um profissional o quanto antes, melhor. “Normalmente, a pessoa já chega esgotada. Então, o quanto antes, melhor, pois pode se tornar uma bola de neve e não causa tanto sofrimento ao paciente”, alerta Emily.
 
Para a psicóloga, a psicoterapia é importante para todas as pessoas. “Eu sempre digo que todos nós precisamos da psicoterapia. É muito bom fazer. Quem já fez, sabe e indica. Quem não fez é interessante conhecer. A psicoterapia é para quem tem um transtorno ou doença psicológica. É também para quem tem dificuldade de se relacionar ou qualquer outra dificuldade que causa algum problema. Dificuldade no sono. Algum transtorno alimentar. Não necessariamente precisa desenvolver uma doença psicológica para buscar a psicoterapia, mas o quanto antes se tratar, melhor. A técnica da psicoterapia é para todo mundo. A técnica mostra para o paciente a melhor maneira de lidar com todos os problemas que a vida nos apresenta. Qualquer problema, seja uma demissão, uma perda, ou com um problema pessoal mesmo, ou seja, problema de falar em público, ou problema no sono, ansiedade, excesso de preocupação, isso também se resolve com a psicoterapia. De alguma maneira, todos nós precisamos dessa técnica”, enfatiza.
 
A psicoterapia também é interessante para fobias, como medo de altura, de local fechado, até quadros de medo, pavor. “Com certeza. A minha abordagem, que é TCC, é uma das mais indicadas, principalmente para problemas específicos. Esses são problemas mais específicos, comportamental. Quando causa prejuízo, qualquer prejuízo emocional, comportamental, a psicoterapia é válida”, afirma a psicóloga.
 
De acordo com Emily Simoni, o tempo de sessão da psicoterapia varia de acordo com cada paciente. “As sessões de psicoterapia iniciam semanalmente, principalmente para diminuir, o mais rápido possível, aquele sofrimento que fez o paciente procurar ajuda. Após diminuir os sintomas, aquele sofrimento, aí passamos as sessões para cada 15 dias ou mensal. Tudo vai depender da situação, de como o paciente está se desenvolvendo. Cada sessão vai ter, em média, duração de 50 minutos. É importante falar sobre as metas de sessões impostas pelos planos de saúde. Isso não é interessante. Porque cada paciente é único. Então, não existe uma quantidade exata de sessões. Quando nós (profissional e paciente) percebermos que está tudo bem, aí sim, começamos a diminuir as sessões de psicoterapia, para depois concluir. O interessante é que o paciente, após a conclusão, não volte mais para a psicoterapia. A intenção é fazer com que ele aprenda a lidar com tudo que acontece a sua volta”, alerta.
 
A psicóloga deu detalhes da abordagem que costuma ter com seus pacientes, porém, ressaltou que cada profissional tem o seu próprio método de trabalho. “Para a primeira sessão eu faço uma sessão-avaliação. É uma sessão em separado. Não seria o início da psicoterapia, mas sim, avaliação. Porque ali o paciente vai ter a possibilidade de conhecer como funciona a psicoterapia, como funciona a minha abordagem, e muito importante, ele vai me conhecer. E, claro, ele vai falar o porquê está procurando ajuda. A partir disso, o paciente vai analisar, ver se realmente se identifica com aquela abordagem, se identificou comigo, porque nada mais importante é o paciente se sentir bem, confortável. Por isso faço essa sessão-avaliação para que eu conheça o paciente e o paciente me conheça, além de poder explicar de que forma podemos estar trabalhando na psicoterapia”, informa.
 
A psicóloga, Emily Simoni, atende em Urussanga, Morro da Fumaça e Criciúma. Entre em contato pelo telefone (48) 99859-4265. Siga a psicóloga no Instagram: @psicologaemilysimoni.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp