14/06/2021 às 08h31min - Atualizada em 14/06/2021 às 09h20min

Os benefícios que o consumo do corte de cordeiro pode trazer

Existem ainda algumas dúvidas sobre como preparar a Carne de cordeiro, em quais pratos pode ser usado e com quais bebidas harmoniza melhor.

DINO
https://www.sitiopema.com.br/blog/
Corte de Cordeiro


Para além dos cortes de carnes bovinas, suínas, aves e peixes, há muitas boas opções de carnes saborosas por um valor acessível. O corte de cordeiro, por exemplo, rende um sabor marcante ao prato, além de oferecer uma série de nutrientes ao corpo humano.

No entanto, mesmo que a carne de cordeiro seja popular, há ainda algumas dúvidas sobre como fazer o preparo, em quais pratos pode ser usado e com quais bebidas harmoniza melhor.

A carne de cordeiro

Algo bastante comum nas carnes ovinas é confundir cortes de cordeiro com os cortes de carneiro. Os carneiros são animais já adultos, que possuem um sabor mais marcante, porém sua carne pode não ser tão macia quanto o consumidor deseja.

Já o cordeiro é um animal ainda em idade jovem, com um paladar mais leve, mas que harmoniza com diversos pratos, além de ter a carne mais macia. No entanto, não é apenas isso que interfere na maciez. É preciso levar em conta o manejo, a alimentação do cordeiro e o espaço onde circulava.

Ademais, o peso do cordeiro também interfere no sabor da carne. Cordeiros que são abatidos com peso maior de 45kg, têm menos água, no entanto oferecem mais gordura, sendo ideal para o churrasco, por exemplo.

Consumo da carne de cordeiro
A carne e os cortes de cordeiro no Brasil ainda estão num projeto inicial de popularização e desenvolvimento no mercado interno. Mesmo compondo uma parte importante da agropecuária nacional, tendo 18 milhões de ovinos no país, a maior parte da produção destas carnes segue o destino do comércio exterior.

Em contrapartida, há ainda um movimento de importação de carne ovina, em especial de cordeiro. Países como o Uruguai possuem uma longa tradição na produção de cortes de cordeiro e fornecem carnes para o Brasil atender sua demanda interna.

No entanto, conforme mostra levantamento da Embrapa, cerca de 12% dos brasileiros não consumiram ainda carnes de cordeiro. Mesmo com a tendência de exportação, esse número mostra que há um grande mercado a ser explorado no Brasil.

Ademais, o estudo da Embrapa ainda mostra que o consumo da carne de cordeiro é frequente para 25% da população nacional. Dessa totalidade, cerca de 17% consomem a carne ovina uma vez por mês, 7% uma vez por semana e apenas 1% tem o hábito de consumir cordeiro diariamente.

Tipos de cortes de cordeiro
Assim como as demais carnes de outros animais, existem diversos cortes de cordeiro. Estes cortes se aproximam em nome (e sabor, de certa forma) à carne suína.

O carré e a costela, junto com o pernil, são os cortes mais apreciados no ovino, pelo sabor e pelos pratos. Mas, além destas três carnes de cordeiro, há outras partes do cordeiro que têm grande valor, como a própria picanha de cordeiro, ou o filé mignon.

Sendo assim, o interessante é escolher os cortes de cordeiro conforme o prato que deseja preparar. Para churrascos e grelhados, as opções mais desejadas são a costela e o pernil. Agora, se a preparação vai ser na panela, o carré, a picanha e o filé mignon são os cortes indicados.

Além destes cortes de cordeiro que foi mencionado acima, abaixo há nesta lista outros tipos de cortes que o cordeiro oferece:

Costela;
Paleta;
Pescoço;
Pernil;
T-bone;
Picanha;
Stinco;
Carré.


Benefícios da carne de cordeiro
Os cortes de cordeiro são excelentes não apenas pelos seus sabores e a facilidade de encontrar a carne nos açougues e armazéns. Os valores nutricionais são relevantes, contribuindo para uma alimentação e qualidade de vida melhor.

Nesse sentido, a gordura nas carnes de cordeiro pode ser menos prejudicial do que aquelas encontradas em outros animais. Isso porque o cordeiro tem perfil de gordura poli-insaturado, gerando menos riscos de desenvolver "colesterol ruim" (LDL) no sangue.

Outro importante benefício de corte de cordeiro é o volume de vitaminas e minerais. Vitaminas como a B12, ajudam a manter a corrente sanguínea saudável. Além disso, o selênio e o zinco, com forte presença na carne ovina, são responsáveis pela formação hormonal do ser humano, garantindo sustento e energia ao corpo.

Ademais, na lista a seguir há alguns dos principais benefícios da carne de cordeiro:

Desempenho da massa muscular;
Previne a anemia;
Fortalecimento de ossos;
Mitiga o desenvolvimento de câncer;
Ajuda na perda de peso.



Website: https://www.sitiopema.com.br/blog/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Você acredita que o eleitor está mais consciente para votar nestas eleições?

25.4%
73.1%
1.5%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp