02/02/2021 às 09h36min - Atualizada em 02/02/2021 às 09h36min

Cocal do Sul irá sediar campeonato estadual de karatê

No mês de junho vai acontecer a primeira etapa, no Ginásio de Esportes Gílio Búrigo

Amanda Farias - 87 News
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Cocal do Sul

Cocal do Sul irá sediar a primeira etapa do Campeonato Escolar de Karatê, que irá acontecer no mês de junho, reunindo atletas de diversas escolas de Santa Catarina. O evento vai acontecer no Ginásio de Esportes Gílio Búrigo, envolvendo crianças e adolescentes de até 17 anos.

 

No último sábado (30) o professor Luiz Henrique Boava, que é o responsável pelo karatê em Cocal do Sul, esteve em Joinville na assembleia geral realizada pela Federação Catarinense de Karatê (FCK). Na ocasião, o professor levou a solicitação da administração municipal de pleitear uma etapa do evento estadual na cidade. Ao todo, serão três etapas no território catarinense. Além do trabalho com os atletas de Cocal do Sul, Luiz é também o coordenador técnico da seleção catarinense adulta de karatê.

 

Para o professor, a expectativa é receber mais de 300 atletas para o evento deste ano. “Há 8 anos não conseguimos trazer mais eventos como esse para Cocal do Sul e agora teremos um evento estadual aqui. Para o projeto que temos aqui desde 2000, e com o nível dos nossos atletas, temos a expectativa de o município se sair bem na competição”, comenta.

 

O evento também conta com a parceria entre a Associação Boava de Karatê Shotokan (ABKS) e a administração municipal. “Eu gostaria de agradecer à prefeitura pelo apoio a esse evento, ao prefeito Fernando e vice Erik e também à associação por todo o suporte”, salienta Luiz.

 

Preparação dos atletas

 

Devido à pandemia, o projeto de karatê em Cocal do Sul estava parado no ano passado. A partir de agora, Luiz dará início aos treinos no mês de março. A expectativa é reunir mais de 60 atletas para participarem do campeonato em junho. Por isso ele reforça a importância de iniciar um treinamento com as crianças e adolescentes de forma completa. 

 

“Vamos começar do zero, com trabalho físico, técnico e tático. O físico seria o planejamento, em seguida entramos com a parte técnica, que seria o karatê em si, com golpes, transição e movimentação e por fim, a parte tática seria a estratégia de cada luta”, explica o professor.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.6%
42.4%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp