24/12/2020 às 10h41min - Atualizada em 26/12/2020 às 00h00min

Viagem: como se deve agir em caso de roubo?

Para não entregar-se ao desespero, é essencial considerar quais providências tomar em caso de roubo.

DINO
https://www.clubecandeias.com/


As viagens nacionais e internacionais exigem muitos cuidados, seja em relação ao itinerário ou outros pormenores que envolvem os objetos levados na viagem. Em alguns casos, podem surgir imprevistos e distrações onde o turista acaba virando vítima de roubo.

Para não entregar-se ao desespero, é essencial considerar quais providências tomar em caso de roubo na viagem (nacional ou internacional):

Viagem nacional

O turista que teve algum pertence roubado, deve, imediatamente, tomar as seguintes ações de acordo com os objetos desaparecidos:

Dinheiro: esse caso é o mais difícil de recuperar, devido à dificuldade de rastrear o dinheiro furtado, tornando-se quase impossível identificar o autor do furto, exceto se for possível recorrer às câmeras de segurança, por exemplo.

Tendo em vista esse contratempo, o dinheiro não deve ficar exposto, muito menos deixar uma grande importância armazenada em um único local. O recomendado, então, é que o turista deixe quantias espalhadas em diversos cantos, divididas em quantidades diferentes. Isso evita que o dinheiro seja furtado todo de uma só vez, além de diminuir as chances de roubo devido ao armazenamento cuidadoso desse dinheiro.

Cartões: esses itens possuem senhas de segurança, então, caso o meliante tenha roubado apenas o cartão, isso não será um grande problema de se resolver. Mesmo assim, para evitar prejuízos de clonagem de cartão, o turista deve ligar para o banco e solicitar o cancelamento com urgência, explicando toda a situação do roubo.

Celular: é normal as pessoas desenvolverem um apego afetivo com os celulares, em razão de usarem esse aparelho o tempo todo, Nele estão os contatos próximos, fotos de momentos importantes e contatos pessoais, além de outras informações privadas.

Apesar de muito difícil, o ideal é desapegar nesse momento e racionalizar a situação, para que o turista possa ligar à operadora do celular, com o intuito de bloquear as linhas de contato. Alguns celulares possuem aplicativos de segurança, que podem ser facilmente acionados pelas vítimas, e caso tudo dê certo, é possível, até mesmo, recuperar o celular que havia sido furtado.

Boletim de ocorrência: essa iniciativa é recomendada como primeiro passo a seguir em casos de itens roubados. A vítima deve dirigir-se para a delegacia e relatar toda a situação para que as autoridades policiais façam o registro no boletim de ocorrência.

Essa medida protege a vítima de quaisquer ações de fraudes que os criminosos tentem executar, de forma a garantir proteção adequada e apoio jurídico em caso de recuperação dos objetos que foram furtados.

Viagem internacional

Quando o turista é roubado durante uma viagem internacional, provavelmente, estar em outro país torna a situação um pouco mais complicada. Entretanto, algumas medidas podem garantir que a viagem não torne-se um completo transtorno.

Primeiramente, o turista deve ir para uma delegacia e realizar o procedimento semelhante quando se está em território nacional: relatar para as autoridades locais acerca dos itens roubados e a situação toda para que seja registrada uma ocorrência sobre o roubo.

As ações no caso do roubo dos cartões de crédito, celulares e dinheiro são as mesmas da viagem nacional, devendo ser seguidas da mesma forma. É imprescindível avisar aos órgãos responsáveis, solicitar os bloqueios necessários e entrar em contato com os parentes e a família por outros canais, seja pelo computador, por alguma rede social ou utilizando o celular de algum amigo próximo que esteja acompanhando na viagem.

Em seguida, é recomendado que o turista vítima do roubo dirija-se à embaixada brasileira, para, em caso de ter tido o passaporte furtado, solicitar outro documento ou a Autorização de Retorno ao Brasil (ARB). Caso o turista esteja no continente europeu, onde os países são mais próximos, não será possível viajar para outro país sem estar com o passaporte, portanto, o ideal é que um novo seja solicitado.

Hospedagem de qualidade

O Clube Candeias dispõe aos associados uma rede integrada com mais de 500 mil opções de hospedagens espalhadas pelo mundo. Além disso, possui unidades próprias em diversas regiões do Brasil, oferecendo toda segurança necessária nas acomodações.

Para mais informações acesse https://www.clubecandeias.com/



Website: https://www.clubecandeias.com/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp