03/06/2020 às 10h24min - Atualizada em 03/06/2020 às 10h24min

Deputado que integra CPI dos respiradores propõe acareação entre ex-secretário e chefe da Casa Civil

Pedido surge após o ex-titular da Saúde de SC acusar Douglas Borba de ter influenciado no processo de compra dos ventiladores contra covid-19

- 87 News
NSC TOTAL

O deputado estadual João Amin (PP), que integra a CPI dos respiradores instalada nesta terça-feira (6) na Assembleia Legislativa (Alesc) para apurar possíveis irregularidades na compra dos ventiladores mecânicos pelo governo de SC, vai propor uma acareação entre o ex-secretário de Saúde, Helton Zeferino, a servidora que atuava como superintendente responsável pelas compras, Marcia Geremias Pauli, e o atual chefe da Casa Civil do governo de SC, Douglas Borba.

O pedido surge um dia após a servidora e o ex-secretário acusarem, ela em entrevista e ele em depoimento ao Gaeco, que o chefe da Casa Civil teria indicado a empresa que fechou o contrato com o governo do Estado e pressionado pela efetuação de compras. Borba concedeu duas entrevistas e negou qualquer participação ou interferência nesse processo de aquisição dos respiradores.

O pedido de João Amin precisa ser analisado pelos outros oito integrantes da CPI da Alesc. A análise deve ocorrer na primeira reunião da comissão, prevista para esta quinta-feira (7).

Segundo o relator da CPI, Ivan Naatz (PL), ainda que os deputados aprovem o pedido, a acareação pode ser preservada para uma data futura, a depender do cronograma organizado pelos deputados. Isso porque na primeira fase os deputados pretendem se dedicar à análise sobre como ocorrem os processos de compra no governo do Estado.

A acareação é um instrumento do Código de Processo Penal e consiste em um encontro que pode reunir acusados ou testemunhas quando há divergências entre declarações ou fatos investigados.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://87news.com.br/.

Audiência Pública para discutir o binário de Cocal do Sul: você é a favor ou contra?

57.4%
42.6%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp