25/04/2022 às 10h38min - Atualizada em 25/04/2022 às 10h38min

Economia de Cocal do Sul ultrapassa a casa de R$ 1 bilhão em 2021

Números foram divulgados recentemente pelo departamento de movimento econômico da Amrec

Amanda Farias - 87 News
Cidade pequena, de aproximadamente 17 mil habitantes e que vem ganhando cada vez mais espaço na esfera econômica da região. Cocal do Sul, considerada um polo na indústria cerâmica, se destaca também pelas indústrias, comércio e agricultura. Dados recentes divulgados pelo movimento econômico da Amrec apontam que o município ultrapassou a casa de R$ 1 bilhão de valor adicionado em 2021.

Os números foram atualizados no dia 19 de abril de 2022 podendo passar por alteração até o fim do ano, visto que as informações precisam passar por uma conferência estadual. A economia do município superou R$ 1 bilhão de reais em 2021, apontando que o valor é 31% maior que o resultado apresentado no município no ano de 2020, que era de R$ 795.639.529,30. Vale salientar que Cocal do Sul superou ainda a média estadual, que está em torno de 21%. 

Para o secretário de Administração, Fazenda e Planejamento do município, Juarez de Souza Medeiros, o resultado demonstra que os investimentos que vem sendo feitos em Cocal do Sul estão trazendo os resultados econômicos esperados, aumentando a economia no município, os empregos e a qualidade de vida da população.

O técnico do Movimento Econômico da Amrec, Ailson Piva, frisa que os dados que foram apresentados se referem ao valor adicionado, que é um índice que permite medir o valor criado por um agente econômico durante o processo produtivo. “Em resumo, o valor adicionado é um índice que mede a atividade econômica nos municípios e serve de indicador para o retorno de ICMS”, explica Piva.

Atração de empresas – geração de empregos

Antes de abrir um novo negócio, todo empresário se pergunta onde há espaço e público para seu produto em determinado local. No sul do estado, Cocal do Sul tem sido um destino muito procurado por empresários da região que buscam locais para investir. A cidade tem atraído empresas e, consequentemente, tem a projeção de geração de renda e emprego. 

Dessa forma, o município também registrou no ano passado saldo positivo na geração de empregos, cerca de 350, sendo que em comparação com o ano anterior (2020), o saldo havia sido negativo.

Um dos fatores que se dá aos números positivos é o avanço das obras das áreas industriais. Pode-se destacar as condições dadas à Secretaria de Administração, Fazenda e Planejamento e Secretaria de Infraestrutura na continuidade e finalização das áreas industriais 3 e 4, que em breve receberão a instalação de novas empresas. 

Entre os setores, o maior saldo está ligado à indústria. A expectativa é que o ambiente de negócios cresça ainda mais neste ano. “Não podemos esquecer também que nós temos no município uma das energias mais baratas do país. Mas o que acreditamos ser mais valioso nesse contexto é a bravura de nosso empresariado, que com inteligência e dedicação, dribla as crises, que não são poucas, se sobressaindo com inovação na produção, que contribuíram de forma significativa para o aumento na geração de dessas novas oportunidades de trabalho”, pontua o secretário Juarez.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual candidato você acredita que vencerá as eleições presidenciais de 2022?

2.0%
0%
0%
0%
2.0%
86.0%
0%
8.0%
2.0%
0%
0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp